• NOTÍCIAS / FIQUE POR DENTRO

  • MOVIMENTO DE JUSTIÇA E DIREITOS HUMANOS/Brasil INFORMA:
  • MOVIMENTO DE JUSTIÇA E DIREITOS HUMANOS/Brasil INFORMA:
  • 02/10/2020

MOVIMENTO DE JUSTIÇA E DIREITOS HUMANOS/Brasil INFORMA:

 

 

Abertas as inscrições do 37º Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo

 

Descrição: image.png

 

Iniciaram hoje (01out) as inscrições para o 37 Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo. Uma live que contou com participantes do Brasil, Uruguai e Espanha, marcou o lançamento da edição de 2020 que terá inscrições até o dia 20 de novembro.

 

O Movimento de Justiça e Direitos Humanos (MJDH), com a colaboração da Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Rio Grande do Sul (ARFOC-RS) e da Ordem dos Advogados do Brasil RS (OAB/RS), instituíram, em 1984, o Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo. Desde então, a cada edição anual e de forma ininterrupta, o Prêmio estimula o trabalho dos profissionais de jornalismo na denúncia de violações, pela observância e defesa dos Direitos Humanos nas sociedades da América do Sul marcadas por enorme desigualdade entre as pessoas e pela deficitária ação de Estado.

 

O Prêmio neste ano conta também com o apoio da Regional Latino Americana da União Internacional dos Trabalhadores da Alimentação (Rel UITA), da Union to Union, instituição sueca que atua pelo fortalecimento dos sindicatos no mundo, e da Caixa de Assistência dos Advogados RS (CAARS). 

 

Na live, o secretário geral da Rel UITA, o uruguaio Gerardo Iglesias, destacou a categoria Prêmio Especial EXTERMÍNIO DOS EMPREGOS (A precarização das relações de trabalho) como assunto de extrema gravidade que vem afetando especialmente os países da América Latina.

 

O tema promove a discussão sobre os efeitos da globalização, da tecnologia, da pandemia de COVID-19, entre outros que determinam o derretimento das relações de trabalho como eram conhecidas. Embora a Constituição Brasileira, no seu art. 6º, o inclua entre os direitos sociais, o trabalho sofre dramática precarização em desfavor da maioria da população com pouco acesso à Educação, em risco de desorganização social.

 

O jornalista Mauro César Silveira participou de Sevilha, como o primeiro ganhador do Prêmio, em 1984. O brasileiro está residindo na Espanha.

 

No dia 10 de dezembro, data da Declaração Universal dos Direitos do Homem, acontecerá a solenidade de premiação.

 

Mais informações:

Movimento de Justiça e Direitos Humanos

Telefone (51) 3221 9130 e 99951.2869

E-mail: mjdhbr@gmail.com 

website: www.direitoshumanosbr.org.br  

  • Buscar Associados
  • BUSCAR ASSOCIADOS


  • Nome:
  • Cidade:
  • Especialidade:
  • Ver todos os
    associados
  • Próximo Credenciamento
  • PORTFOLIO
    DESTAQUE


  • Nome: Fernando Jacondino
  • Cidade: Porto Alegre - RS
  • Especialidade: Repórter Fotográfico
  • Ver portfolio