• NOTÍCIAS / FIQUE POR DENTRO

  • Arfoc-RS participa do 5º prêmio ASDEP
  • Luciano Leon
  • Arfoc-RS participa do 5º prêmio ASDEP
  • 22/03/2016
  • Presidente da ASDEP, em discurso enfático, ressaltou também o trabalho que vem sendo realizado no país pela Polícia Federal. 

    Foram 12 jornalistas premiados nas categorias TV, Rádio, Veículo Impresso e Fotografia, além de homenagens especiais para expoentes da imprensa gaúcha.

    A valorização do trabalho dos Delegados de Polícia e o fortalecimento do papel da imprensa livre, imparcial e independente deram a tônica aos discursos das autoridades presentes no V Prêmio ASDEP de Jornalismo, na noite da última terça-feira, 22 de março. “O país vive um profundo momento de crise. Um período delicado, que exige de todos nós, cidadãos, serenidade e equilíbrio na tomada de decisões. É em momentos como esse que o papel da imprensa livre, imparcial e independente deve ser ainda mais valorizado e fortalecido”, destacou a presidente da ASDEP, Delegada Nadine Anflor, que ressaltou ainda o trabalho dos delegados de polícia civil e da Polícia Federal, que tem sido realizado em todo o país.

    “O troféu entregue hoje simboliza nosso agradecimento, porque através da notícia policial os senhores e senhoras nos auxiliam no combate ao crime. Isto porque a divulgação correta e responsável do nosso trabalho, através da imprensa, sem sombra de dúvida ajuda a inibir a prática de novos delitos e traz sensação de segurança à sociedade”.

    Milton Simas, presidente do Sindicato de Jornalistas do RS, reforçou o entendimento de que este é o momento de reafirmar o trabalho da imprensa. “Que o jornalista possa continuar fazendo seu papel com transparência, liberdade e imparcialidade”

    Não faltaram também elogios e reconhecimentos à atividade do delegado de polícia. “Orgulhoso pela polícia que temos, em que poucos se transformam em muitos”, resumiu o repórter fotográfico, Ronaldo Guilherme Bernardi, 2º Lugar na categoria fotografia.

    O salão de eventos da entidade recebeu delegados de polícia, autoridades, imprensa e convidados para prestigiar a solenidade de entrega do V Prêmio ASDEP de Jornalismo, reeditado depois de cinco de interrupção. Um dos pontos altos da noite foram as homenagens prestadas a jornalistas e nomes da imprensa gaúcha pela contribuição ao trabalho dos delegados. Entre eles, Milton Cardoso, da Band, Alexandre Gadret, do Grupo Pampa, Mônica Rossi, da TV Record, Telmo Flor, do Correio do Povo, Cláudio Brito e Daniel Scola, da Rádio Gaúcha, Tulio Milman, da Zero Hora e Marcelo Rech, do Grupo RBS.

    Outro destaque ficou reservado para o reconhecimento às entidades parceiras, que foram fundamentais para garantir a lisura e legitimidade da premiação: Associação Riograndense de Imprensa (ARI); Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográfico do Rio Grande do Sul - ARFOC/RS; Associação Gaúcha de Emissoras de Rádio Televisão – AGERT;

    Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul (SINDJORS).

    O jornalista Wanderley Soares, falecido no início do ano, também foi lembrado pela entidade. “Presto aqui nosso agradecimento ao amigo jornalista wanderley Soares, que nos deixou recentemente e que muito já foi homenageado neste prêmio”, lembrou a Delegada Nadine.

    O prêmio de R$ 3.000,00 foi para as primeiras colocações de todas as categorias. O segundo lugar levou R$ 1500,00 e o terceiro R$ 500,00.

    Segue a relação completa de todos os vencedores:

    Melhor Fotografia

    1º Lugar - Frederico Jorge Sehn, com a reportagem A elite da Polícia Civil no Vale do Taquari.

    2º Lugar - Ronaldo Guilherme Bernardi, com a reportagem Policia derruba quadrilha de cafetões- traficantes.

    3º Lugar - Álvaro Widal Henkes, com a reportagem Em nome da lei: profissão delegado

    Melhor reportagem de Rádio

    1º Lugar - Cid Martins, com reportagem: Operação policial combate tráfico internacional de armas e explosivos.

    2º Lugar - Eduardo Matos, com a reportagem Caso Bernardo

    3º Lugar - José Renato da Silva Andrade Ribeiro, com a reportagem Fabrica de golpes.

    Melhor Reportagem de TV

    1º Lugar - Roberta Salinet, com a reportagem O Caveirão da Morte

    2º Lugar - Leonardo Bonesso, com a reportagem: Mediação Policial.

    3º Lugar - Luciane Kohlmann, com a reportagem Exposição idealizada por Delegada.

    Melhor reportagem de veículo Impresso

    1º Lugar - Silvio Milani, com a reportagem Bandido Ostentação.

    2º Lugar - Halder Ramos, com a reportagem: Essa terra tem lei

    3º Lugar - Mauricio Tonetto e José Luís Costa, com a reportagem O homem de 12 prisões que é primário.

  • Buscar Associados
  • BUSCAR ASSOCIADOS


  • Nome:
  • Cidade:
  • Especialidade:
  • Ver todos os
    associados
  • Próximo Credenciamento
  • PORTFOLIO
    DESTAQUE


  • Nome: Alvaro Cardoso
  • Cidade: São Leopoldo - RS
  • Especialidade: Repórter Fotográfico
  • Ver portfolio